expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 21 de junho de 2020

Coronavírus: Pandemia já matou no Brasil tanto quanto a Guerra do Paraguai (1864 a 1870)


O conflito armado mais sangrento da história da América Latina, que completou 150 anos, causou cerca de 50.000 baixas entre os brasileiros.

Protesto no Rio de Janeiro: o coronavírus
já fez mais vítimas do que acidentes de
trânsito e vários tipos de doenças.   
Depois de superar na sexta-feira a marca de 1 milhão de pessoas infectadas com a covid-19, o Brasil se aproxima hoje de mais um número triste: o de 50.000 óbitos desde o início da pandemia.

Com isso, o coronavírus já está matando no Brasil tanto quanto a Guerra do Paraguai, o pior conflito armado na história da América Latina.

A Guerra do Paraguai completou em março 150 anos (durou de 1864 a 1870). Foi travada entre a chamada Tríplice Aliança (composta por Brasil, Argentina e Uruguai) e o Paraguai, envolvendo disputas políticas, comerciais e territoriais.

O número total de baixas é impreciso, mas, segundo uma estimativa do historiador Francisco Doratioto, autor do livro Maldita Guerra, cerca de 50.000 soldados brasileiros morreram no conflito. Dizimado na guerra, o Paraguai perdeu muito mais: algo em torno de 280.000 pessoas, em sua maioria civis.

Até ontem à noite, o Brasil tinha 49.090 mortes causadas pelo novo coronavírus. O balanço é feito com base nas informações das 27 secretarias estaduais de Saúde. Caso mantenha a média dos últimos dias, o Brasil se torna hoje o segundo país do mundo a ultrapassar a marca de 50.000 óbitos.

Nenhum comentário: