expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Com as novas regras, partidos já começam a se articular para eleições municipais de outubro


As eleições deste ano vai ser marcada por algumas mudanças significativas. A principal delas é o fim das coligações na disputa proporcional – a votação para vereadores.

As alianças na chamada majoritária, para cargos do Executivo, continuam permitidas. Com a alteração, cada partido precisará apresentar uma lista completa com candidatos a vereador, sem se coligar com outras legendas.

A regra vai exigir de cada grupo partidário nomes fortes e uma relação mais sólida para conseguir atingir boa votação geral e garantir mais cadeiras pelo quociente eleitoral.

Para os partidos pequenos, a alteração deve aumentar a dificuldade de eleger nomes na proporcional em chapa isolada em comparação às coligações feitas em anos anteriores.

Em Carnaubais o cenário começa a se desenhar

Luciano Moura, do PV, um nome já conhecido na política local, está trabalhando junto a suas bases para ter uma participação efetiva nas eleições municipais de 2020. Ele é pré-candidato a prefeito e trabalha para formar uma nominata com chances de eleger o primeiro vereador ou vereadora do partido em Carnaubais.

"Isso é um desejo antigo, é um desejo da militância. Temos que apresentar um projeto à sociedade, tirar um pouco dessa velha política”, defendeu.

Luciano afirmou também que o PV se articula para “apresentar bons nomes à sociedade” na disputa pela Câmara Municipal. “A ideia do PV é eleger nosso primeiro vereador este ano”, disse durante a live no facebook, ao vivo nesta segunda-feira, (06/01).

Empresário e atual presidente do PV de Carnaubais, Luciano Moura já disputou três eleições, uma para vereador e duas para deputado estadual. 

Nenhum comentário: