expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Afastado do cargo, prefeito Sael pode enfrentar processo de impeachment na câmara municipal



Na sessão ordinária de quarta-feira (27/10), o bispo Jenilson Maia usou a tribuna da câmara municipal de Porto do Mangue para protocolar junto a Mesa Diretora, uma denúncia considerada grave contra o prefeito Sael Melo, atualmente afastado do cargo por determinação da justiça. 

O pedido da CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito - foi entregue impresso ao vereador/presidente Júnior Bola, assinado por Jenilson e algumas lideranças de Porto do Mangue.  


O presidente afirmou que vai analisar o documento junto a assessoria jurídica e após parecer da comissão de justiça da câmara, poderá abrir, ou não o processo de impeachment.  


Clima quente  


Porto do Mangue vive dias de intensa discussão sobre os desdobramentos da operação judicial que afastou o prefeito e como não poderia ser diferente, a sessão foi tensa, com o plenário lotado de populares, alguns com faixas pedindo a cassação de Sael.   

Nenhum comentário: