expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 10 de abril de 2020

Como lidar com o estresse causado pela Covid-19 e encontrar o equilíbrio no uso de redes sociais


A pandemia do novo coronavírus levou muita gente para dentro de casa, diante das recomendações de distanciamento social feitas por autoridades médicas e governos. Isoladas, as pessoas têm recorrido às redes sociais para estudar, trabalhar e se relacionar com familiares e amigos próximos.

Aplicativos como Facebook, whatsapp, Instagram têm sido mais acessados desde que a pandemia passou a se agravar, em março.
Além de socializar, as pessoas estão usando mais as redes para comentar a crise, compartilhar suas experiências durante a pandemia e buscar informações em tempo real sobre a doença e outros assuntos.  

A pandemia mudou o papel das redes sociais na vida das pessoas – de vilãs das boas interações, agora as redes têm ajudado quem está isolado a retomar o senso de comunidade.

Acho que há esse senso de que todo mundo é testemunha de algo histórico, terrível, catastrófico, mas de que todo mundo está junto nessa. Todos comentam e compartilham as mesmas coisas.

Conversar sobre a pandemia nas redes sociais, ainda mais com quem faz parte do nosso círculo social, pode ajudar as pessoas a passar pela crise de modo mais leve. Mas, dependendo de como nos conectamos, esses canais também podem nos deixar exaustos, nos expor à desinformação e aumentar a sensação de pânico.

Nenhum comentário: