expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

PROJETO "CRESCENDO COM SEGURANÇA” REÚNE 60 CRIANÇAS EM CARNAUBAIS



A chegada do Sargento da Polícia Militar do RN, Ronaldo Simplício da Silva (Sgt Simplício), a cidade de Carnaubais, vem proporcionando o desenvolvimento de um projeto voluntário que tem chamado a atenção da população dos municípios do Vale do Açu. O projeto "Crescendo com Segurança" reúne 60 crianças.

De acordo com o Sgt. Simplício, através do apoio da secretaria municipal de educação, os alunos recebem aulas práticas de postura e ordenamento, para que possam se tornar cidadãos responsáveis e determinar a seguir regras básicas de educação e respeito. Ainda segundo ele, os ensinamentos oferecem orientações sobre experiência educativa no seguimento de trânsito.

A equipe também trabalha na prevenção de acidentes ou ações que direcione o risco de vida de quem usa transporte na cidade. O projeto é desenvolvido com o apoio dos seus comandados.

“Além do apoio que estamos recebendo da secretaria de educação, dos pais de alunos e voluntários contamos com o apoio dos cinco policiais, todos formados pela academia de policia, que nos dão apoio dentro de suas possibilidades”, destaca o sargento.

O projeto é desenvolvido sede a Escola Municipal Abel Alberto da Fonseca, que atende estudantes de várias idades.

Lançado em julho desse ano, o projeto é direcionado para crianças e adolescentes, com idade de 9 a 14 anos. 

“Estamos trabalhando a disciplina para os alunos, e principalmente mostrando como eles podem vencer na vida, sem precisar se envolver com coisas erradas Nosso trabalho é resgatar essas crianças, os mantendo longe do crime”, destaca.

O projeto “Crescendo com Segurança", funciona todos os sábados. 

Fonte: Carlos Costa 

Programação


Nesta terça e quarta-feira (26 e 27) acontecerão palestras educativas na escola Abel durante o horário noturno. Ângela, do projeto Cidade Limpa, fará exposição sobre a preservação ambiental e a importância de atitudes conscientes dos cidadãos para manter bem conservada.

Nenhum comentário: