expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

No RN, 10% entre os mais ricos ganham 46 vezes mais que os 10% da população mais pobres


Essa concentração de renda é a mais alta registrada nos últimos sete anos, de acordo com dados do IBGE. O levantamento mostra que em 2012 os 10% mais ricos ganhavam 32 vezes mais que os 10% mais pobres. Em 2017, essa razão foi de 36 vezes.

O IBGE aponta que os 10% mais pobres da população potiguar tiveram uma diminuição de 7,7% no rendimento médio mensal entre 2017 e 2018, passando de R$ 168 para R$ 155. Enquanto isso, o rendimento dos 10% mais ricos aumentou 18,2%, variando de R$ 6.060 para R$ 7.161.

O rendimento médio nacional per capita foi de R$1.337, o que representou crescimento de 4% em relação a 2017, R$1.285.

Bolsa Família: RN tem o menor
percentual de beneficiados do NE

O percentual de domicílios do RN com recebimento de dinheiro do programa social do governo Bolsa Família é o menor do Nordeste, 23,3%. Enquanto isso, o Maranhão representa a unidade da federação com maior proporção de residências com recebimento do projeto no Brasil: 37,4%.

O estado potiguar tem a menor taxa do Nordeste, mas ainda superior às médias dos estados do Sudeste e Sul. Entre estes, Minas Gerais tem o maior percentual, 10,3%. Santa Catarina é a unidade federativa com menor percentual, 2,5%.


Nenhum comentário: