expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Pesquisa comprova viabilidade da produção da tilápia vermelha em água salobra



A tilápia, um dos peixes de água doce mais criados e apreciados pelos consumidores brasileiros, poderá muito em breve ser cultivada em água salgada.

Uma pesquisa de mestrado desenvolvida pelo Programa de Pós-Graduação em Produção Animal, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Ufersa – constatou a possibilidade dessa alternativa. Outro diferencial da pesquisa é a utilização da tilápia vermelha, um híbrido da tilápia cinza, ainda pouco produzida no Nordeste do Brasil.

A primeira fase da pesquisa Tolerância de tilápia vermelha a diferentes salinidades, desenvolvida pela mestranda Aline Gabriele Gomes da Silva, no setor de piscicultura do Campus Sede, em Mossoró, já comprovou a viabilidade da produção da tilápia vermelha em vários graus de Unidade de Salinidade Prática – PSU (Escala de Salinidade), com variação de 0 a 40 graus.

Diante dos bons resultados obtidos na fase experimental da pesquisa nos laboratórios de pesca da Universidade, o trabalho agora será desenvolvido nos ambientes de criação da tilápia onde o PSU pode variar de 0 a 60 graus. São salinas e pequenas propriedades com poços de água salobra. “Vamos colocar os alevinos em 07 gaiolas com variação de salinidade de 0, 10, 20, 30, 40, 50 e 60 PSU para avaliarmos o comportamento e o crescimento zootécnico dos peixes nas diferentes salinidades”, explicou Aline Silva.

Essa fase da pesquisa terá duração de 120 dias.

Nenhum comentário: