expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 21 de maio de 2019

RN tem 535 obras com recursos federais paradas ou inacabadas, diz auditoria do TCU


O RN tem 535 obras públicas que contam com recursos federais paradas ou inacabadas. A informação consta em uma auditoria que o Tribunal de Contas da União realizou em 2018 e divulgou semana passada.

Ao todo, as obras tinham recursos previstos de mais de R$ 2,2 bilhões.

No estado, 361 obras paradas contavam com recursos da Caixa Econômica. Os tomadores dos recursos são principalmente municípios potiguares, em serviços de pavimentação e outros tipos de obras estruturantes.

Nesse tipo de obra, as prefeituras também entram com contrapartidas. Ao todo, os investimentos previstos eram de R$ 218,7 milhões.

Outras 71 obras paradas no RN são ligadas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Apesar de menor número, elas estão estimadas em cerca de R$ 1,7 bilhão. Envolvem obras de saneamento, construção de quadras esportivas, abastecimento de água, entre outros.

Ainda há 84 do Ministério da Economia, voltadas para creches e ensino básico - totalizando investimentos de R$ 59,7 milhões - envolvendo construção de escolas e quadras cobertas para unidades de ensino.

Além disso, há quatro obras para universidades públicas - com outros R$ 4,8 milhões - voltadas para construção de laboratórios e auditórios, por exemplo.

O levantamento ainda aponta quatro obras ligadas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit) - ao custo previsto de R$ 188,5 milhões - e 11 da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) paradas no estado, com custo estimado de R$ 43,9 milhões.

Nenhum comentário: