expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 5 de abril de 2019

OPOSIÇÃO DE CARNAUBAIS FALTA COM RESPEITO AOS COMERCIANTES LOCAIS

NICOLAU CAVALCANTE: "BODEGA COM MENOS DE 5.000 DE MERCADORIAS"


Por Antero Batista.
   
Diante da crise nacional que nos últimos anos se abateu sobre os comerciantes em todo o Brasil, os novos prefeitos a partir de 2017 "herdaram" a responsabilidade de responder por meios legais, com politicas públicas para o reaquecimento do setor. Em especial em cidades de pequeno porte econômico.

No município de Carnaubais, o dr Thiago Meira visando contribuir para o desenvolvimento do comércio varejista tomou uma série de medidas efetivas. Que resultaram nos últimos dois anos na abertura de diversos outros empreendimentos na cidade.

O prefeito logo de início da sua gestão regularizou a folha salarial atrasada do governo anterior. Instituiu o programa SELO SIM; inaugurou o sistema BAND - 2 da esperança com água de qualidade para mais de quatrocentas(400) famílias agrícolas; tem sistematicamente paga os servidores dentro do mês trabalhado; aderiu ao programa COMPRA DIRETA; instituiu a nota fiscal eletrônica; regularizou a situação dos servidores junto as instituições bancárias; em parceria com o banco AGN, viabilizou empréstimo para os microempreendedores.

E para além destas ações que de forma direta ou indiretamente contribuíram para o fortalecimento do comércio carnaubaense. Ele determinou a realização de pregões licitatórios para compra de insumos e serviços, possibilitando que os empreendedores locais participassem dos certames.

Das dezenas de licitações executadas pela prefeitura; quatorze(14) foram vencidas por empresas  carnaubaenses. Como se pode confirmar nesta lista:
* Ponto do cimento
 * DM distribuidora
 * A arca
 * Sacolão pais e filhos
 * Sandro Localizações
 * Comercial Martins
 * Serviço de transporte
 * SELO SIM - Seu Francimário
 * CN publicidade
 * Lava jato Maroca
 * MF Refrigeração
 * B.B Sonorização
 * Borracharia São Francisco
 * Óleo para motores

Para surpresa de toda sociedade e constrangimento dos comerciantes locais que fornecem para a prefeitura. No programa de Nicolau Cavalcante na rádio LÍDER FM, um destes estabelecimentos foi chamado de: "BUDEGA com menos de cinco mil reais de mercadoria". Além das citações dúbias sobre a origem do dinheiro com o qual o proprietário comprou seu veículo particular.

É lamentável que os comerciantes de Carnaubais sejam tratados desta forma tão pejorativo. A oposição que outrora precisou dos humildes empreendedores locais para alçar o poder e transformasse numa potencial econômica, hoje os trata de forma indigna.

Nenhum comentário: