expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Secretaria de Saúde emite nota com dicas de prevenção à conjuntivite



A conjuntivite é uma inflamação que geralmente ataca os dois olhos, pode durar de uma semana a 15 dias e não costuma deixar sequelas.

No entanto, traz alguns incômodos como deixar os olhos vermelhos e lacrimejantes, as pálpebras inchadas e grudadas quando a pessoa acorda, uma sensação de areia ou de ciscos nos olhos, coceira, visão borrada, presença de secreção nos olhos e dor ao olhar para a luz.

No intuito de deixar a população preparada para a prevenção do problema, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) preparou uma Nota Técnica com dicas e informações sobre os cuidados que as pessoas com a doença devem tomar.


De acordo com a Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Maria Lima, a conjuntivite pode ser causada por vírus e bactérias. Nesses casos, ela é contagiosa e pode ser transmitida pelo contato direto com as mãos, com a secreção ou com objetos contaminados. Mas há também situações em que pode ser provocada por reações alérgicas a poluentes ou substâncias irritantes.

Para evitar a contaminação em casos de surto da doença, a Sesap sugere que se lave com frequência o rosto e as mãos, com água e sabão e que seque com toalhas e lenços descartáveis, não compartilhe o uso de esponjas, rímel, delineadores ou qualquer outro produto de beleza, de sabonete, toalha e colírios. Evite frequentar piscinas de academias ou clubes, e saunas que não estejam devidamente tratadas, e caso conviva com uma pessoa que esteja com conjuntivite, não compartilhe toalha, lenço, copo, travesseiro e outros objetos de uso pessoal.

Fonte: Sesap-RN

Postar um comentário