expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Prefeitos do Consórcio de Resíduos Sólidos já estão com o projeto pronto; faltam os recursos


Vale do Açu - Oito prefeitos e mais seis representantes dos municípios da região estiveram reunidos nesta quinta-feira (29), das 14 às 17 horas, na sede do Instituto Chico Mendes de Conservação a biodiversidade (antigo IBAMA), em Assú.

Estiveram presentes os prefeitos: Ivan Junior (Assú), Junior Benevides (Carnaubais), Titico Gomes (Porto do Mangue), Fabinho Bezerra (Serra do Mel), Jackson Bezerra (Afonso Bezerra), Antonio de Narciso (Paraú) e Ivan Padilha (Pendências e presidente do Consórcio).

Os municípios que enviaram representantes: Macau (Josinete Martins), Lajes (Jane Carla), Pedra Preta (Aline Tatiane), Alto do Rodrigues (Wilderlan), Ipanguaçu (Mário Silvério), São Rafael (Ramiro).

No sentido de apoiar os municípios, a Semarh acompanha por meio de sua Assessoria Técnica o trabalho de formação dos consórcios por região.

A empresa Geotechnique Consultoria e Engenharia, responsável pelos estudos das áreas para o aterro sanitário e equipamentos necessários à coleta de lixo apresentou o projeto, que finalmente ficou pronto. Agora cabe aos gestores correrem atrás dos recursos. 


Mais de R$ 13 milhões

Segundo Braulio Henrique, biólogo, a empresa cumpriu sua parte e agora cabe aos gestores viabilizarem os recursos – algo em torno de R$ 13 milhões – para construção do aterro sanitário e os equipamentos previstos para viabilizar a coleta e transporte dos resíduos, entre eles, as estações de transbordo (equipamento que vai transferir resíduos), Unidade de Triagem (equipamento que fazer a separação do lixo) e Ponto de Entrega Voluntária (equipamento onde a população vai entregar o lixo reciclável).

Ministério Público

Também acompanhou a reunião a senhora Janny Suênia, representante do Centro de Apoio as Promotorias de Justiça do Meio Ambiente (CAOPMA).

Para Janny, a questão ambiental é complexa no que tange aos resíduos sólidos, visto que as prefeituras estão respondendo a questionamentos, principalmente do Ministério Público, sobre os lixões nas cidades.

Por esta razão, principalmente é que a ideia do consorcio se torna fundamental, adequando os municípios as normas ambientais.

Encaminhamento

Uma nova reunião foi previamente agendada para o dia 18 de março, quando os prefeitos irão decidir a forma de viabilizar os recursos, se junto ao governo do estado, ao governo federal ou até mesmo da iniciativa privada. 

Imagens da reunião...








Nenhum comentário: