expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Medellín faz reverência histórica à Chapecoense em noite de homenagens na Colômbia



Vamos, vamos Chape. O som ecoou forte no Estádio Atanazio Girardot, em Medellín, na Colombia. Eram 44 mil vozes, antes da cerimônia começar, dando uma lição ao mundo de que, definitivamente, "não é só futebol".

Tudo para homenagear a Chapecoense, que no estádio, nesta quarta-feira, estaria jogando a primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

A tragédia, 71 mortos em um acidente aéreo, um time, uma cidade e um país devastado, ainda deixa a todos perplexos, e neste clima, Medellín mostra ao mundo que pode haver irmandade entre os povos.

Todos de branco, muitos com velas, outros com flores, muitos com camisas alusivas à Chapecoense. Nos dizeres: "Vieram por um sonho, voltaram como lendas". A emoção, presente em todos.
Postar um comentário