expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 25 de março de 2017

Dados estatísticos apontam aumento do número de vítimas fatais em acidentes com motocicletas


São muitos os fatores que podem explicar o rápido crescimento das mortes de motociclistas, mas todos os estudos recentes apontam que as causas principais são procedimentos de risco dos próprios condutores, como fazer rachas, e também o consumo de álcool.

Se o risco de morrer em uma colisão de automóvel já é significativo, a depender das circunstâncias do acidente, sobre uma motocicleta essas chances são 20 vezes maiores.

Esse número sobe para 60 vezes se a pessoa não estiver usando o capacete, item obrigatório pela ­legislação.

Cada vez mais, os atendimentos de emergência dos hospitais e mesmo as unidades de terapia intensiva vêm sendo dominados pelas vítimas de acidentes de motocicletas.

Carnaubais

Nesta noite de sábado, cinco jovens se acidentaram, todos foram socorridos com ferimentos. Segundo informações, seguiam na RN 118, na comunidade de Arapuá, e bateram numa vaca. Todos foram encaminhados para o Tarcísio Maia, em Mossoró. 
Postar um comentário