expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

O que sobrou da oposição em Carnaubais


A experiência democrática mostra que a tarefa da oposição é árdua, mas não complexa. Cabe aos que se opõem aguardar os erros da coalizão no poder, que, em algum momento, em todo governo acabam por ocorrer.

Mas não basta a oposição apontar os erros da situação. É preciso credibilidade e respaldo, coisas raras para os que já se sentaram na cadeira.

É razoável que o eleitor considere despreparado para governar quem não tem moral e nem discurso para se opor.

Trazendo para o cenário local...

Mais do que uma vitória, a eleição do prefeito Dr Thiago conseguiu deixar a oposição espatifada.

O grupo que vinha mandando em Carnaubais entrou em rota de colisão e a eleição passada - sem dúvida - deixou profundas cicatrizes entre Cavalcante e Benevides.

Essa é a impressão. 

Daqui para frente, as duas famílias seguirão cada uma por si.

No fundo, quando se fala de oposição em Carnaubais o que vem a cabeça do eleitor é Luizinho, que com todo respeito, foi o que sobrou na oposição.

A grosso modo, quem quiser por algum motivo fazer coro contra o atual governo, em tese, está dando corda ao filho de Antonio de Joana, que fará uma quase solitária batalha crítica.

Postar um comentário