expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 7 de janeiro de 2017

"Elefantes brancos" de Norte a Sul do Brasil


Já se cantava a bola antes de a Copa de 2014 acabar: muitos dos estádios construídos para o mundial iam acabar sem uso.

Virariam elefantes brancos, como se diz sobre grandes obras sem muita utilidade prática.

As maiores candidatas a mico eram as arenas de Cuiabá, Brasília e Manaus.

Muito modernas, mas sem clubes com torcida para enchê-las.


Acontece que a lista não acaba aí. Mesmo com clubes maiores e mais populares, Natal, Recife, Salvador e Rio de Janeiro também têm estádios pouco usados.
Postar um comentário