expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Crise: Termoaçu na lista de venda da Petrobras


Em nota publicada no Jornal Valor Econômico, a Petrobras informou ter iniciado processo competitivo para a venda dos seus terminais de Gás Natural Liquefeito (GNL) no Rio de Janeiro e no Ceará, com termelétricas associadas a esses terminais.

Pois bem, uma das termelétricas associadas ao terminal de Gás Natural Liquefeito  (GNL) no Ceará não é senão a Termoaçu, implantada no Município de Alto do Rodrigues, oficialmente denominada "Jesus Soares Pereira". Investimento expressivo realizado na segunda metade dos anos 90, com grande emprego de mão-de-obra, a Termoaçu foi cantada em verso e prosa.

Mobilizou não apenas as esferas de governo federal e estadual, como a iniciativa privada, vendida como grande fato econômico.

O Governo do Estado instituiu até o Programa Gás-Sal, para o que criou até uma Secretaria Extraordinária, na expectativa de que fosse aquele investimento capaz de reativar a economia da região salineira.

Mas eis que a festa durou pouco e não foi além de implantação e funcionamento daquela termoelétrica que agora está sendo oferecida à venda.

Enquanto isso mais um sonho do Rio Grande do Norte se desfaz, porquanto o adquirente do ativo jamais irá se voltar para o que um dia imaginou o governo e o povo do Rio Grande do Norte.

Por: Alcimar de Almeida Silva, Advogado, Economista, Consultor Fiscal e Tributario
Postar um comentário