expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Relator apresenta parecer favorável à abertura de impeachment da presidente Dilma Rousseff


Relator da Comissão Especial do Impeachment, o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) votou ontem (quarta-feira) pela procedência da denúncia por crime de responsabilidade contra a presidente Dilma Rousseff.

Ou seja, o parlamentar se posicionou favorável ao prosseguimento do processo contra a petista.

A íntegra do relatório foi lida na comissão, que deverá votá-lo até segunda-feira e depois encaminhar o resultado para o plenário da Câmara.

Ele rebateu a principal tese de defesa de Dilma.

-- "O processo de impeachment não é um golpe de Estado, na exata medida em que objetiva preservar os valores éticos, políticos e jurídicos administrativos consagrados na Constituição Federal. O impeachment resguarda a legitimidade do mandato político. Nesse processo, cassa-se o mandato", afirmou Arantes.


Postar um comentário