expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 15 de julho de 2017

Lei beneficia pequenas queijarias artesanais


Os queijos e manteigas artesanais do Rio Grande do Norte agora tem a garantia da produção e comercialização no Estado.

Com a aprovação do Projeto de Lei 159/2016 na última quarta-feira, 12, na Assembleia Legislativa, que segue para sanção do Governador, fica permitido que o processo de fabricação dos produtos possa utilizar o leite cru.

A comercialização artesanal estava comprometida e a renda dos pequenos produtores também, pois as regras de usar apenas o leite pasteurizado impedia os pequenos produtores de vender para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), entre outros mercados.

Com a permissão de se usar o leite cru, se preserva a cultura e a tradição das queijeiras artesanais do RN, semelhante ao que ocorre em Minas Gerais, onde o queijo Canastra tem legislação semelhante, que permite o leite cru e seu preparo nas prateleiras de madeira.

A nova Lei vai beneficiar mais 350 pequenas queijeiras somente do Seridó, pessoas que produzem em média 5k de queijo por dia.
Postar um comentário