expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 18 de julho de 2017

Atrás das grades: Polícia Civil prende um dos 'curadores' do jogo macabro Baleia Azul


O jovem Matheus Silva, de 23 anos, foi preso nesta terça-feira (18) pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, suspeita de ser um dos “curadores” do jogo da Baleia Azul.

A operação foi detonada para desmantelar a corrente que tenta induzir virtualmente seus participantes, a maioria adolescentes, ao suicídio por meio de desafios macabros.

Matheus Silva, segundo a Polícia Civil, confessou ser um dos “curadores”.

O Baleia Azul não existe oficialmente – não há um site ou algo parecido. É uma iniciativa de criminosos que usam as redes sociais para impor desafios macabros a crianças e adolescentes. 

Um grupo de organizadores, chamados "curadores", propõe uma sequência de missões que envolvem isolamento social, automutilação e suicídio.

Os agentes da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) estão cumprindo 24 mandados de busca e apreensão nos estados do Amazonas, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. O único mandado de prisão foi cumprido no Rio de Janeiro.
Postar um comentário