expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Pouca vergonha...


Dois filhos do deputado estadual José Adécio (DEM) foram "cuspidos" da Assembleia Legislativa do RN por recomendação do Ministério Público.

Ambos ocupavam cargos comissionados no gabinete do pai — caso considerado pelo MP como nepotismo.

Gustavo Alexandre Muniz Costa ocupava o cargo de assessor especial parlamentar, cuja remuneração básica é de R$ 4.384 e, com benefícios, chega a 9 mil.

Já Shirley Karine Muniz Costa era secretária de gabinete parlamentar e recebia salário de R$ 5.917.
Postar um comentário