expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 7 de maio de 2017

Moro pede a apoiadores da Lava Jato para não irem a Curitiba dia 10, quando encontrará Lula


Em vídeo divulgado nas redes sociais, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância, solicitou aos simpatizantes da operação que não compareçam a Curitiba na próxima quarta-feira, dia 10 de maio, data em que está marcado o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

-- "Eu tenho ouvido que muita gente que apoia a Operação Lava Jato pretende vir a Curitiba manifestar esse apoio", disse Moro. "Eu diria o seguinte: esse apoio sempre foi importante, mas, nessa data, ele não é necessário".

Segundo o juiz, deve-se evitar qualquer tipo de "confusão e conflito" e zelar pela segurança das pessoas, para que ninguém se machuque em eventuais discussões nesta data.

Originalmente, o interrogatório de Lula estava previsto para o dia 3 de maio, mas foi remarcado por Moro para 10 de maio a pedido da Secretaria de Segurança Pública do Paraná e da Polícia Federal.

As corporações alegaram necessidade de mais tempo "para providências de segurança" diante de manifestações populares que poderiam ocorrer em Curitiba.


Postar um comentário