expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 11 de março de 2017

Triste realidade: Em cinco anos, RN teve 116 mortes em cadeias e pelo menos 716 fugitivos

Presos carregam um detento ferido em Alcaçuz, durante rebeliões em janeiro deste ano.


De janeiro de 2012 a janeiro de 2017, pelo menos 716 presos fugiram e outros 116 morreram em unidades prisionais do Rio Grande do Norte.

Os dados são de um relatório do governo do RN enviado à Procuradoria Geral da República, na sexta-feira (10), em resposta a questionamentos do procurador-geral, Rodrigo Janot, sobre a crise no Sistema Penitenciário potiguar.

Os números, no entanto, podem ser ainda maiores, pois os dados apresentados pelo governo referentes aos anos de 2012 e 2013, por exemplo, não apresentam precisão. Em alguns relatos de fugas desses anos a quantidade de foragidos não é especificada.
Postar um comentário