expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 8 de janeiro de 2017

AM pede apoio da Força Nacional; governo cita 'limite físico e psicológico' de policiais


Após mais uma rebelião de presos que deixou ao menos quatro mortos em Manaus, o governador do Amazonas, José Melo (Pros), pediu ao governo federal o apoio da Força Nacional de Segurança. 


No ofício encaminhado ao ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, Melo chega a citar que a situação no Estado está levando os servidores da área de segurança pública a "limites preocupantes" e diz que a nova rebelião motivou o pedido de auxílio da Força Nacional.

-- "O trabalho que está sendo feito desde o dia 1.º de janeiro, não só no Sistema Prisional em si, mas ainda na busca incessante da captura dos foragidos e no aumento do policiamento investigativo e ostensivo nas ruas de Manaus e no Interior do Estado, está levando os envolvidos (Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Segurança Pública, Inteligência) a limites preocupantes, do ponto vista físico e psicológico", diz o documento.
Postar um comentário