expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Ministério corta 1,1 milhão do Bolsa Família


Um estudo feito pelo governo nos cadastros do Bolsa Família apontou irregularidades em 1,1 milhão dos 13,9 milhões de benefícios pagos no programa: o equivalente a 8% do total.

Destes, 469 mil foram cancelados e 654 mil bloqueados após o balanço apontar que o beneficiário tinha renda superior à exigida para participar, carro-chefe da área assistencial do governo.

Para realizar o balanço, o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário afirma ter cruzado, desde junho, informações de seis bancos de dados diferentes, como a Rais (Relação Anual de Informações Sociais), o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e o INSS.

No RN, mais de 26 mil benefícios do Bolsa Família foram bloqueados e/ou cancelados no Rio Grande do Norte por irregularidades.



Postar um comentário