expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 30 de outubro de 2016

Lava Jato investiga 25 bancos e congela US$ 800 milhões na Suíça


Sinônimo de estabilidade e de confiança, a praça financeira suíça tem passado por um verdadeiro terremoto desde a eclosão da Operação Lava Jato no Brasil.

Se nos últimos anos os suíços se dedicaram a mostrar para o mundo que as contas secretas haviam acabado, o escândalo brasileiro reabre velhas feridas e mobiliza governo, procuradores, advogados e banqueiros. 

A dimensão do caso surpreende até mesmo experientes advogados especializados em anticorrupção na Suíça.

Em pouco mais de um ano, as investigações no país acumularam números constrangedores. No processo se envolveram mais de cem advogados de uma dezena de escritórios de advocacia.

Há mil contas bloqueadas em 42 instituições financeiras. Mais de 60 processos criminais estão em andamento na Suíça. Um total de US$ 800 milhões já foram congelados e 25 bancos foram alvo de investigações. 
Postar um comentário