expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Avançando: Nova escola Maria Madalena amplia qualidade da educação em Guamaré





A qualidade na educação pública na cidade de Guamaré é uma das prioridades do prefeito Hélio Willamy Miranda da Fonseca. Uma prova disso foi a inauguração, na noite desta quarta-feira, 15, da reforma e ampliação da Escola Municipal Maria Madalena da Silva, localizada no distrito de Baixa do Meio.

“Esta obra representa muito para nosso município e pelo excelente resultado final, demonstra nossa preocupação com a qualidade da educação local, pois trabalhamos para oferecer um ensino público com todas as condições para atender bem alunos e educadores”, disse o prefeito Hélio Miranda.

A secretária municipal de Educação, Cinthya de Carvalho disse que é um orgulho para ela a inauguração desta escola. “Principalmente porque sou ex-aluna da Maria Madalena e tenho um carinho muito grande por ser uma das responsáveis como secretária de Educação por esta grande conquista. Abrir os portões de uma escola não deve ser apenas para colocar alunos, mas oferecer oportunidade de um futuro melhor”, disse a secretária Cinthya Miranda.

“Achei ótimo o resultado final dessa obra. Tudo aqui tá melhor, principalmente as janelas que agora são gradeadas e oferecem mais segurança para os alunos”, destacou com o semblante de felicidade pela satisfação de receber a nova escola na sua comunidade, a dona de casa Margaret Selma, mãe de uma aluna de oito anos, matriculada na terceira série.

Outro que estava feliz com a reforma e ampliação da Escola Maria Madalena da Silva era o aluno do sexto ano, Marquison Teixeira, de 13 anos. “Destaco que agora a escola tem ar condicionado e acessibilidade total”, disse Marquison, que é cadeirante e agora vai ter mais facilidade de entrar e circular pelas dependências da escola.

Infraestrutura

Segundo o diretor da escola, André Bertoldo, com as obras realizadas, a escola ganhou toda uma infraestrutura adequada para oferecer um ensino de excelência aos cerca de 1.400 alunos, que estudam do primeiro ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA), nos períodos matutino, vespertino e noturno, além do projeto Mais Cultura, oferecido aos sábados para os alunos com aulas de frevo e teatro.

Com as obras, a escola ganhou uma cozinha ampliada, atendendo a todos os requisitos da vigilância sanitária como áreas para manuseio de alimentos, depósito de utensílios de cozinha, setor de higienização. Também foi ampliado o depósito da merenda e criado um setor de frios.


A escola Maria Madalena ganhou ainda um laboratório de ciência, a modernização das salas de leitura, vídeo e informática. As 13 salas de aulas ganharam mesas, cadeiras e quadros novos e toda a escola foi climatizada. Foram construídos mais dois almoxarifados, de um total de cinco e ainda um arquivo no setor da secretaria para documentação escolar.

Uma sala de apoio pedagógico foi criada com aulas de xadrez e reforço escolar e ampliado o setor de refeitório. “Com estas obras nossa estrutura foi adaptada para portadores de necessidades especiais, em todas as suas dependências, desde a rampa de acesso ao primeiro andar, banheiros”, destacou André Bertoldo.

Além de toda esta infraestrutura moderna, a escola Maria Madalena tem duas quadras de esportes, que já tinham sido reformadas antes, sendo que uma delas é adaptada para funcionar com educação em tempo integral com salas de aula,auditório, refeitório e oficinas de capoeira, dança, canto/coral e aulas de instrumentos musicais.

Rádio Escola
“Também foi criada uma rádio escola, que vai funcionar como uma ferramenta pedagógica, onde professores especialistas em mídia vão atuar junto com alunos para transmitir notícias da escola e até da comunidade externa, além de uma programação musical e informações úteis para os alunos, professores e funcionários”, explicou o diretor André Bertoldo.

Foram feitos ainda uma lavanderia, banheiro para os funcionários da cozinha e do setor de manutenção, este último ganhou ainda setor próprio e ampliada a sala para comportar bem os 70 professores da escola, que contam agora com banheiro exclusivo. “Um destaque importante foi a criação do departamento de esportes, isso porque nossa escola é hexa campeã dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jern´s), da regional de Macau, se destacando em modalidades como xadrez, futebol de campo, tênis de mesa, karatê, atletismo, entre outros”, pontuou Bertoldo.

Professora Maria Madalena
A professora Maria Madalena da Silva, que dá nome a escola inaugurada, foi uma das primeiras educadoras de Baixa do Meio e ainda está viva, atualmente com cerca de 90 anos de idade. “Ela foi professora num tempo em que ainda se ensinava as pessoas nas suas casas, pois não haviam escolas na cidade. Ela foi responsável pela alfabetização de muitas pessoas de Guamaré”, lembrou o diretor André Bertoldo.

FOTOS: CANINDÉ SOARES




Postar um comentário