expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Sinal Fechado: nove desembargadores alegam suspeição e caso Ezequiel segue para o STF


O Tribunal de Justiça do Estado (TJRN) não julgou o recebimento de denúncia contra o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), por suposta participação do esquema criminoso descortinado pela Operação Sinal Fechado.

O julgamento deveria ter ocorrido na manhã desta quarta-feira (25), mas nove desembargadores alegam suspeição. 

Agora, o processo sobre recebimento de Ação Penal deve subir para o Supremo Tribunal Federal (STF).

A denúncia em desfavor de Ezequiel foi oferecida à Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPRN), que identificou a sua participação no esquema fraudulento relativo à implantação do programa de inspeção ambiental veicular na frota de veículos em circulação no Estado.
Postar um comentário