expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 10 de março de 2016

Alto do Rodrigues: Autoridades discutem sobre poluição sonora em audiência pública

Agencia no AR.
A Câmara Municipal recebeu autoridades de diversos segmentos da sociedade na manhã desta quinta-feira (10) para debater em audiência pública no plenário do Legislativo, sobre a problemática da poluição sonora no município.

O evento foi uma iniciativa da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, pasta que tem como titular o secretário Wilderlan Brito, que foi o responsável pela abertura da audiência apresentado a lei municipal de combate a poluição sonora.

A audiência teve início por voltas das 10h com um ato cerimonial e com a leitura do texto/lei pelo secretário Wilderlan. Logo em seguida as autoridades utilizaram a tribuna para fazerem suas explanações a cerca do tema.

Estiveram presentes no evento a vice-prefeita Emília Patrícia, representando o prefeito Abelardo Rodrigues, o presidente da Câmara Nixon Baracho, os vereadores Zé Pedro, Ína Mulatinho, Maria das Virgens, Magno Roberto. representantes das polícias Civil, Militar, Ambiental, o padre Francisco, o controlador Iran Padilha, secretários municipais, diretores de blocos, proprietários de paredões, carros de som e pessoas da comunidade.

As autoridades se mostraram muito satisfeitas com a iniciativa de realizar uma audiência pública abordando sobre o assunto e se colocaram a disposição da secretaria de Meio Ambiente para contribuir no que for necessário.


A Polícia Ambiental propôs uma parceria e sugeriu uma maior aproximação com a secretaria para que o trabalho seja desenvolvido com mais facilidade, a exemplo do que acontece na cidade de Mossoró.

Segundo o secretário Wilderlan, a partir de agora as reclamações sobre poluição sonora deverão ser feitas na própria secretária de Meio Ambiente, exceto no final de semana, e na delegacia de polícia e, caso se confirme ato de infração, será tentado um acordo e em último caso será aberto um procedimento administrativo e gerado uma multa para o infrator e aplicada as penalidades conforme a lei.


Postar um comentário